ALL LITTLE LIES



O novo single de All Little Lies - We Be Fine é lançado no dia 15.02.2021, o que também inaugura o início da colaboração com a Elevate Records.

Junto com o single vem um vídeo cativante, feito inteiramente com a técnica Collage Stop Motion. 

O texto de We Be Fine foi escrito em meio a uma pandemia da qual ainda não saímos e é uma exortação e um desejo de sair dela o mais rápido possível para retomar nossa vida normal !!

 All Little Lies (cuja sigla é ALL) é uma banda de Rock Alternativo com um estilo enérgico que varia entre vários gêneros musicais, sempre em busca da originalidade e da heterogeneidade. 

O grupo é formado pelo guitarrista Gioele Nardozi, o baterista Lucio Troiani, Stefano Boccia no baixo, Milena Cervi nos vocais e Cristian Del Vecchio na guitarra. 

O primeiro álbum "CollaterALL" lançado em janeiro de 2020 foi um grande sucesso tornando a banda conhecida.


Link: para plataformas digitais: https://smarturl.it/xhstzs



HEILUNG



HEILUNG significa "cura" na língua alemã e isso também descreve o núcleo do som da banda. Eles estão criando a "historia amplificada" com instrumento de ossos humanos, percussão e a voz da alma.
Fique à vontade e relaxado após uma jornada musical mágica que às vezes é turbulenta.

Banda da Dinamarca é formada por Christopher Juul, Kai Uwe Faust e Maria Franz.

A apresentação da banda é um espetáculo inovador, onde as linhas se confundem entre performance musical, antigos rituais, passado e presente. Pessoas que participam do show saem dizendo que é incrível, alucinante, de arrepiar, me senti mais perto dos deuses é inesquecível.
"Nós todos estávamos de pé lá", Franz recorda com admiração, "e foi tipo, 'Olhe para nós. Meu Deus, somos uma tribo!'"

Eles já foram classificados com folk metal, mais seus espetáculos estão mais associados rituais de cura, musical e espiritual para conjurar a selvageria primitiva da era Viking.

"Para se conectar ao que era antes", diz Christopher Juul, "você precisa se desconectar do que é agora". Essa é essencialmente a declaração de missão de Heilung, o projeto hipnótico multimídia do produtor dinamarquês com o vocalista alemão Kai Uwe Faust e a cantora norueguesa Maria Franz.






BRUCE DICKINSON Iron Maiden nunca vai se aposentar


Bruce Dickinson questionado sobre aposentadoria do Iron Maiden, responde:

“Nós poderemos apenas descansar e receber royalties ao invés de trabalhar… Mas isso nunca vai acontecer, porque nunca vamos nos aposentar”.

Essa questão também foi respondida pelo baixista Steve Harris a um jornalista da rádio SiriusXM, Dickinson também foi abordado sobre o tema no talk show espanhol Late Motiv. “Não vejo razão para que a gente decida se aposentar”, disse o vocalista para o apresentador Andreu Buenafuente.

Veja a entrevista publicada no Youtube:


EMBRACE OF SOULS

THE NUMBER OF DESTINY é o primeiro álbum da banda de metal EMBRACE OF SOULS, lançado hoje dia 19.01.2021.

A banda criada com a união do baterista italiano Michele Olmi, ex Chronosfear, Ravenworld, Septum dentre outras, e o vocalista da Rhapsody of Fire, Giacomo Voli.

A ideia básica era construir uma banda sinfônica de power metal reunindo, entre membros regulares e convidados, todo o melhor do power italiano.

Juntaram se a eles Giovanni Paolo Galeotti na guitarra, Xavier Rota do Chronosfear no baixo e Davide Scuteri nos teclados.


Tracklist of THE NUMBER OF DESTINY 

01- ON THE WAY FROM THE PAST

02- NEW_HOPE

03- FROM THE SKY (single lançado em  11.12.20

04- IN THE CASTLE

05 -SHAPE YOUR FATE

06- MY DREAMS

07- PRISON

08- WE'LL MEET AGAIN

09- TO THE END

10- THE NUMBER OF DESTINY  Vídeo lançado hoje 19.02.21

11- WELCOME TO MY HELL

12- IL NUMERO MISTICO

EPITAPH


EPITAPH teve seu inicio em 1969 no então mais badalado clube de música Fantasio, em Dortmund na Alemanha. O Fantasio era vitrine para a mais famosas bandas europeias, onde semanalmente se apresentavam grandes nomes como Black Sabbath, Rory Gallagaher, Yes e Argent.

Sua grande chance veio quando o Jack Dupree cancelou sua aparição no Fantasio e o conhecido pianista de blues Günter Boas entrou com EPITAPH como grupo de apoio.

No inicio da banda ele usavam o nome de Fafin´s Epitaph que mais tarde ficou simplesmente Epitaph. O primeiro disco em 1971 recebeu o mesmo nome da banda, neste disco o segundo guitarrista era Klaus Walz, que saiu e foi formar a banda Jane.

Em 1975 após a Billingsgate Records falir e uma turnê gigantesca planejada pelos Estados Unidos foi cancelada, para não ter que pagar as dívidas de sua gravadora, o Epitaph se separou.

O Epitaph se reuniu em um show ocorreu em 22 de janeiro de 2000 em Unna, no Lindenbrauerei. O show memorável foi um sucesso total e foi lançado em DVD com o título Live at the brewery. Paralelamente, foi lançado o cd resurrection pela Hurricane Records, uma gravação ao vivo desse show, hoje considerado lendário

Epitaph estava de volta! Seguiram-se numerosos concertos e digressões, que deram continuidade aos sucessos anteriores. 

Em 27 de novembro de 2012, Epitaph convidou vários músicos para um grandioso show beneficente no Capitol em Hanover, cidade que foi a segunda casa da banda nos anos 1970 .

Durante esta jornada de três horas através das quatro décadas de história da banda, Bernd Kolbe, Cliff Jackson, Heinz Glass e Achim Poret foram liderados por Klaus Walz (Jane anteriormente Epitaph), Klaus Henatsch (Nektar), Volker Sassenberg (Kingdom-Domain), Tim Reese e Anca Graterol.

A Epitaph tem sido uma referência no negócio do rock por mais de quatro décadas. Mesmo hoje, eles provam repetidamente que não perderam nada de sua magia, sua vitalidade e sua classe ao longo dos anos. Então a história da banda continua!


Mais informações sobre a banda: https://www.epitaph-band.de

NÚMENOR

 


Númenor, o grupo melódico sérvio de Power / Death metal liderado pelo cantor Marko Miranovic e agora no limiar do quarto álbum DRACONIAN AGE, que será lançado no primeiro trimestre de 2021, junta-se à Elevate Records.

O som de Númenor é bastante particular entre um power metal clássico e um death metal melódico de extração escandinava dos anos 90. Grupos de referência Iron Maiden, Rhapsody / Luca Turilli, Blind Guardian, Bal-Sagoth, Covenant, Arcturus, Dimmu Borgir.

Na faixa de abertura "Make the Stand" Hansi Kürsch (Blind Guardian, Demons & Wizards) aparece como cantor. Esta é a primeira vez que Hansi Kürsch grava um dueto com o vocalista de black metal.

A arte da capa foi feita pelo famoso artista sérvio: Dobrosav “Bob” Živković apareceu originalmente para a edição sérvia de '' O Senhor dos Anéis '' de 1984

O álbum será precedido no final de janeiro pelo single Make The Stand e pelas canções Where The Battle Rages On, Dragon Of Erebor e uma versão incrível de Valhalla, o clássico do Blind Guardian!

Discography :

2013 Colossal Darkness

2015 Sword and Sorcery

2017 Chronicles From the Realms Beyond 

2021 Draconian Age

JON LORD


A Celebrating Jon Lord foi uma homenagem a Jon Lord em 2014 no Royal Albert Hall.

Um time de amigos e músicos como Paul Mann, os integrantes do atual Deep Purple, Paul Weller, Glenn Hughes, Bruce Dickinson, Rick Wakeman, Miller Anderson, Steve Balsamo e a Orion Orquestra, marcaram presença na homenagem.

A apresentação gerou um box com 2 Cds, 2 DVDs e 2 vinis.

Esta apresentação esta disponível no Youtube, abaixo o link da performance de Perfect Strangers, mas é só clicar para o próximo para ir assistindo tudo que aconteceu na homenagem a Jon Lord.


ELEGACY


 

Formada por Mark Zonder (FATES WARNING) Drums, MIke Lepond (SYMPHONY X) Bass, Constantin Terzago (Keyboards), Massimo La Russa (Guitars) e Ivan Giannini (VISION DIVINE ) Vocals.

Elegacy é uma das melhores realidades do gênero power prog metal na Itália. 'Impressions', o primeiro álbum, já havia recebido ótimas críticas em todo o mundo, mas foi com o segundo álbum que a banda deu o salto.

De fato, em 2015 Elegacy entrou em contato com Mark Zonder, lendário baterista de "Fates Warning" e Mike Lepond, baixista de "Symphony X" que, após ouvir a demo do novo álbum, decidem participar das gravações. Para completar a produção com a elaboração das melodias e o arranjo dos coros, ele se junta à voz de Ivan Giannini (Derdian, Vision Divine).

Um dos melhores álbuns de power prog já lançados sairá não apenas na cena italiana, mas também na internacional.

LINK onde baixar álbuns para resenhas e transmissões de rádio:

Elegacy dropbox



REPTILIANS FROM ANDROMEDA

 


O Álbum Must Be Destroyed!, acaba de ser lançado.

Reptilians From Andromeda é uma das bandas mais ativas da cena punk underground de Istambul. 

Banda formada por Aybike Celik Özbey (vocais) e Tolga Özbey (guitarra) em 2013.

Tolga Özbey também é membro fundador da conhecida banda turca de punk rock dos anos 90, Rashit. 

Reptilians From Andromeda, lançou 7 Ep's e um Lp de várias gravadoras americanas / britânicas nos últimos anos. A banda lançou um 7 "Ep chamado" Doomsday "e um Lp chamado" Dialogues For Monkeys "da Prof Sny Records (Tcheca) em 2018. 

A banda também lançou um split 7" com a banda brasileira Bang Bang Babies da Mandinga Records (Brasil) Álbum gravado por Rammy Roo no Karga Bar no ano passado com a ajuda de Can Ersalıcı. Deniz Felder tocou sax nas gravações. 

A arte da capa do álbum foi desenhada por Darren Merinuk e a masterização foi feita por Fran Ashcroft.

A versão em vinil preto de 180 gr de 12 "do álbum está à venda:

https://www.esenshop.com/reptilians-from-andromeda---must-be-destroyed-plak

A banda fizeram uma turnê na Bélgica em fevereiro de 2018, Grécia, fevereiro de 2019, Espanha março de 2019, Bélgica, novembro de 2019, Holanda, dezembro de 2019, Alemanha dezembro de 2019 e em fevereiro de 2020.

Eles estarão no Canadian Music Week que foi adiada para 2021 para Covid-19 pandemia, também tocará no Back To Future Fest (Alemanha) e Kapunk Fest (Tokio) que foram adiados para 2021 pelo mesmo motivo.



SUB ROCK

A Sub-Rock aproveitou a quarentena e dentro de todos os cuidados com a saúde, fizeram a regravação de uma música da antiga SubEclipse.

Escolha foi Nada Com Nada. E para fazer esta regravação contaram com a participação hiper-especial de Renato Limonge dividindo os vocais com Maurício França. 

A música vem após o lançamento do 1º EP da “Eu Só Queria Vencer Uma Vez” e também foi gravada no  Conspiração Records pelo Lau Andrade.